2nd South
Este fórum contém material para adultos,
destinado a indivíduos maiores de 18 anos.

Se você não atingiu ainda 18 anos,
se este tipo de material ofende você,
ou se você está acessando a internet de algum país
ou local onde este tipo de material é proibido por
lei, NÃO PROSSIGA!!!

Os autores e patrocinadores deste fórum não se
responsabilizam pelas conseqüências da decisão do
visitante de ultrapassar este ponto.

Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Mensagem  Ralf "IKARI" Jones em Sab Dez 22, 2018 7:18 pm





Ralf "IKARI" Jones VS ♋️Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗǝ
Cenário:

The West Subway (Duck King's Stage in Fatal Fury 1 - luta do lado de fora, à noite) - cenário localizado na "península" da cidade ("zona sudeste"), vide mapa de Southtown clicando aqui.
Juiz: Łauraணatsuda❝єlєтяicGiяl❞
Regra do Combate: Classic Rules, Luta Rápida – 3 Rounds com prazo máximo de 5 dias para postagem.
Ralf "IKARI" Jones inicia o combate!
Boa sorte aos lutadores!!

Ralf
Ralf "IKARI" Jones
Visitante
Visitante

Aniversário : 25 de Agosto
Lugar de Origem : Florida, EUA
Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

PRÓLOGO

Mensagem  Ralf "IKARI" Jones em Sex Dez 28, 2018 12:31 am






Deuses Paralelos

ATENÇÃO:

O texto a seguir pode conter ou não o uso constante de palavrões! A leitura deste tipo de material é de sua total responsabilidade!!

O conteúdo referente a qualquer Non-Player Character (NPC) é de minha total responsabilidade e não, estes não serão removidos do texto sob qualquer alegação ou reclamação por parte dos mesmos ou terceiros.

Não sera alterado nada do texto caso terceiros ou os próprios lutadores não gostem do que está aqui escrito.

Boa leitura.





Em algum lugar da China
10:32 da noite.

No Oriente, numa parte bem remota da civilização estava Chin Gentsai, um velho lutador e mestre de dois exímios lutadores que usam as artes psiquicas: Sie Kensou e Athena Asamiya. Chin contemplava o horizonte já fazia algumas horas, parecia refletir internamente quando em sua mente teve um estalo que lhe tirou a concentração totalmente, sua feição mudou para uma de completa preocupação.
- O que foi isso, mestre? O senhor também sentiu essa energia? - Athena apareceu primeiro com um pijama rosa, tiara rosa de estrela dourada na cabeça, também com o semblante de preocupação. Ela surgiu por trás de Chin, encarando suas costas. Kensou apareceu logo depois, também de pijama sendo o seu da cor azul, ucom cara de paisagem e não entendendo o porque da correria e preocupação de sua amiga.
- É preocupante... Precisamos descobrir algo sobre a fonte desse poder que vem do Ocidente. -
- Mas por quê é tão preocupante assim, mestre? - Perguntou Kensou.
- É um poder muito semelhante ao de Athena. - Ele mirou seu olhar para a garota de cabelos roxos, que olhava assustada.
- Arrumem suas coisas, amanhã iremos para o Ocidente. -
- Para onde, mestre? - Perguntou a moça.
- Pedir ajuda. -

SSP Maneuver Field.
6:46 da tarde.

Existe um campo de treinamento da Ikari no campo de manobras da Polícia de Second Southtown e era lá que algumas lutas eram realizadas mas naquele dia não era luta de torneio ou coisa parecida. Haviam apenas dois homens lutando uns contra os outros e estes eram Ralf Jones e seu aprendiz Setsuna Yagami ambos trajando apenas coturnos e calças militares, sem camisa. Os dois trocavam socos frenéticos até que ambos deram um salto para trás para respirar. Ralf baixou a guarda enquanto olhava por cima dos ombros do japonês e ele buscou acertar um soco no moreno colossal mas esse o parou apenas com a mão esquerda sem fazer muito esforço. Setsuna de inicio não entendeu nada e olhou para onde Ralf estava focado e visualizou a figura do General Heidern, rodeado de soldados fazendo sua escolta, observando a "luta" dos dois. O ruivo se posicionou ao lado do moreno e ambos bateram continência para o General que respondeu de pronto e assim que eles voltaram à posição normal, o superior não tardou a falar: - Coronel, Capitão... Troquem de roupa e dirijam-se para a sala de reuniões em 15 minutos. - Os dois apenas soltaram um "sim senhor" uníssono.

Depois de tomarem um banho e vestirem um novo conjunto militar - dessa vez com a regata branca - o moreno e o ruivo seguiram o de maior patente até a sala de reuniões e ao adentrarem, deram de cara com a figura de Chin, Sie e Athena sendo que a última chamou mais a atenção do japonês.

- Quem é a bonitinha ali? - Cochichou Setsuna para Ralf.
- Não conhece ela? É Athena Asamiya, cantora famosa no Japão e boa lutadora. -
- Se ela fosse tão famosa assim eu teria conhecido ela. - Os dois foram interrompidos pelo pigarreio de Heidern querendo chamar atenção da dupla.
- Então senhores, o senhor Chin veio até aqui dizendo que sentiu uma energia muito poderosa e sinistra vindo desta região. Os senhores viram algo estranho por aqui? - Novamente em uníssono, os dois disseram "não senhor." - Imaginei que os senhores não saberiam e por isso enviei uma equipe para pesquisar sobre. Baseado nos relatos do senhor Chin, nossa equipe descobriu que existe em algum lugar da Flórida um buraco dimensional aberto por causa dos eventos do último KOF. E o senhor Chin relata que a energia que ele sentiu é exatamente igual ao de sua aluna, Athena. -
- General, perdoe a intromissão mas o senhor está dizendo que pode existir um ser poderoso em outra dimensão e ele está por aqui? - Setsuna se pronunciou.
- Exato. Calculamos que seja a Deusa Atena da Mitologia Grega e esse buraco pode ter misturado as realidades dessas dimensões. - Todos os presentes ficaram com cara de espanto, poderia a Deusa Atena existir em uma outra dimensão?
- Comecem procurando na cidade vizinha, South Town. Athena irá com vocês nessa missão. Precisarão dela para sentir essa presença. - Athena levantou-se de sua cadeira e puxou sua saia para baixo, chamando atenção dos militares. Ela usava uma blusa de manga longa branca com detalhes azuis no final das mangas e no pescoço, bem típica de estudante. Embaixo, uma saia de estudante azul, de cintura alta que tapava um pouco seu abdômen. Nos pés, meias brancas até os tornozelos e um sapatinho de colegial marrom. Ela acompanhou os militares até o lado de fora, despedindo-se de Kensou e Chin e sumiu,  subindo novamente para SSP Maneuver Field.
- Vocês vão até lá como? -  Perguntou a jovem.
- De carro, coração! - Respondeu o ruivo, passando o dedo indicador esquerdo no queixo da garota e sorrindo maliciosamente e claro, a garota não gostou.
- Abusado! - Ela ficou com o rosto corado enquanto o ruivo ria bastante.
- Parem de discussão e entrem no carro! Não podemos perder tempo! -

O trio partiu o mais rápido possível para South Town com o moreno colossal na direção do jipe militar. Demorou cerca de 1 hora para chegarem na Cidade do Pecado e Ralf parou o jipe na estação de metrô de South Station e assim, ambos pegaram o trem sem destino nenhum esperando que Athena sentisse a tal presença. Eles rodaram a cidade toda sem a menor esperança de aparecer, a noite já havia dado as caras quando Athena sentiu a presença novamente, vindo da estação de metrô The West Subway. A presença era cada vez mais forte a cada minuto, como se a Deusa Atena estivesse entre nós até que...

- O que é aquilo? - Ralf perguntou para si e chamou a atenção dos dois jovens, mostrando uma pessoa toda dourada.
- A presença... a presença é daquele ser dourado! - Disse Athena, apontando para a pessoa.
- Não vamos demorar para chegar, vamos nos apressar logo! - Setsuna só disse o óbvio e assim que o trem parou, o trio tratou de descer do trem e valendo-se da habilidade de teletransporte da moça, eles chegaram rapidamente a parte externa da estação onde havia um monte de gente olhando para aquele ser dourado que chamava atenção até demais.

- É uma mulher... usando uma armadura... ?  Tem certeza que é ela a tal "presença"? - Questionou Setsuna obtendo a confirmação da popstar.
- Vamos avançar! - Ralf ordenou, atropelando quem ele viu pela frente até ficar diante da pessoa dourada. Setsuna e Athena ficaram mais atrás, próximo dos curiosos.

- Vamos lá, moça. Me diga quem é você, o que você quer e de onde veio antes que eu tenha que prendê-la!


Ralf
Ralf "IKARI" Jones
Visitante
Visitante

Aniversário : 25 de Agosto
Lugar de Origem : Florida, EUA
Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Início

Mensagem  ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ em Dom Dez 30, 2018 5:07 pm










Prólogo



- Shion, estou indo para a sala do Grande Mestre. Passarei por sua casa. - Charllote falava calmamente.
- Charllote! Voltando de uma missão? - o cavaleiro de ouro de áries perguntou.
- Sim. - ela responde ao passar por ele e continuou seu caminho.
Nesse momento que cruzaram um com o outro Shion percebera um ferimento no braço da mulher numa parte que a armadura não cobria.
- Espere Charllote! - ele fala estendendo a mão para tocá-la.
A mulher desviou abruptamente o olhando com irritada.
- Já disse para não me tocar, Shion.
- É que não tenho medo do seu veneno. Seu ferimento reabriu. - o cavaleiro de áries observava olhando para a mulher com tristeza.
Mas Charllote não ficou ali, continuou seu caminho até a sala do Grande Mestre, a bandagem do seu braço estava manchada de sangue, mas isso não a preocupava. Não como a aproximação das pessoas de si.
- Vejo que foi bem-sucedida em sua missão, Charllote. - era a voz do Grande Mestre ecoando por sua sala.
- Não mereço tais elogios, Grande Mestre. - a mulher falou em tom baixo.
- Tenho mais uma missão para você. - o homem mascarado continuou. - Conhece a ilha de Second Southtown? - ele perguntou.
- Sim, a ilha da Terra que monitoramos desde que vimos estrelas sombrias aparecer por lá, mesmo que por curto período de tempo. O equilíbrio lá é muito frágil e se for rompido pode pôr em risco todo o mundo e até mesmo o santuário. - ela falou ainda ajoelhada com o olhar no chão.
- Correto, mas não é sobre isso sua missão. Foi sentida a presença de espectros de Hades por lá, não duram muito, contudo vez ou outra uma estrela sombria brilha fraca sobre a ilha. E não podemos esperar para que se repita o passado, talvez dessa vez tudo seja perdido para as pessoas do mundo. Preciso que investigue e descobra por que as estrelas sombrias voltaram. - o Grande Mestre concluiu.
Charllote saiu da sala do Mestre para ir realizar sua missão, tinha que sair dali e ir para a Terra mais uma vez, algo que ela considerava ruim e perigoso para as pessoas. A amazona de ouro de peixes só teve contato com uma única pessoa no mundo, seu mestre Rugonis e também a única pessoa que ela já havia matado com seu sangue.

Após ser largada ainda bebê para morrer no jardim de rosas venenosas, seu choro chamou atenção do único habitante do lugar, seu antecessor e mestre Rugonis de Peixes.
Quando o bebê ficou na idade de aprender, Rugonis começou seu treinamento, as rosas não tinham matado a menina e ela tornou-se sua companhia no jardim das rosas venenosas. Cada treino era desenvolvido em precisão, todas as rosas atiradas como um dardo tinham que acertar seu alvo, nenhuma podia falhar.
- Veja mestre! - Charllote gritava. - Eu acertei todos os alvos. - ela sorria contente indo em direção a Rugonis.
- Faça de novo. - ele falava. - Uma das rosas não atingiram o alvo. Isso significa que ela vai matar alguém inocente. E não podemos permitir isso.
A garota retirou todas as rosas dos alvos e novamente preparou seu ataque, durante todo dia o repetiu, apesar de estar cansada, quando o sol já se punha, ela acertou todos os alvos.
- Venha, Charllote. Você está pronta e amanhã terá uma decisão importante para tomar, vamos descansar. - Rugonis falava a levando para dentro da cabana de madeira no centro do jardim.
Foi na manhã seguinte, que a menina decidiu seu destino, seguir como amazona de Peixes e também foi o dia da morte de seu mestre, no momento que os dois selaram o elo vermelho, um ritual de sangue cuja a pessoa que não suportar o veneno de peixes morrerá. Durante muito tempo os dois ficaram fazendo o ritual, alguns momentos o veneno no sangue do mestre deixava o corpo de Charllote com dores quase insuportáveis, mas a garota a cada ritual parecia ficar mais resistente e seu sangue cada vez mais venenoso. Foi aí que a menina, agora já crescida, percebia que seu mestre quem estava ficando doente ao fazer o ritual e tocar em seu sangue. O veneno no sangue de Charllote estava mais poderoso que de seu mestre, o levando a morte em poucos minutos.
- Por que você não me falou sobre isso! - ela chorava com seu mestre nos braços.
- Não chore Charllote, é esse o fim de um cavaleiro de Peixes. Quem tem a maior resistência ao veneno sobrevive. Você será uma amazona de ouro mais poderosa do que eu. Não pude ignorar seu deu de resistência ao veneno. Dezesseis anos atrás você não morreu e chorava nesse jardim venenoso, por natureza você foi amado por essas rosas venenosas. Achei que você fosse a criança que deus ofereceu por último a mim, que sempre vivi sozinho. - Rugonis é tomado por uma forte tosse.
- MESTRE! - a menina gritou. - NÃO ME DEIXE SOZINHA! EU PENSEI QUE PODÍAMOS VIVER JUNTOS PARA SEMPRE! - ela chorava ainda mais incontrolavelmente.
- Eu estarei sempre ao seu lado. - era as últimas palavras do cavaleiro de ouro Rugonis.
- Mestre? - Charllote o encarava assustada. - O veneno do meu sangue… - ela balbuciava sentindo as lágrimas escorrerem pelo seu rosto. - Foi o que te matou. FOI O MEU SANGUE! MESTRE! - ela gritava sozinha no jardim, com seu mestre caído em meios as rosas com a cabeça sobre suas pernas.

Perdida em seus próprios pensamentos e medos, a amazona esquecera que naquela era e mundo sua armadura poderia ser considerada esquisita, eram poucos que ainda tinham memória sobre os cavaleiros de ouro que protegiam o mundo. O que se tornou menos frequente com os diversos meios encontrados pela humanidade para proteger-se.
Ela seguia pela rua, parecia ser uma entrada de metro que ela se encontrava, havia bastante movimento. Mas foi o barulho e gritos de uma pessoa que lhe chamou atenção junto a uma energia característica que intrigou a amazona. A mesma virou-se para encarar o homem que falava, mas seus olhos desviaram por alguns instantes em direção a energia de Athena, presente em uma garota vestida com um uniforme colegial.
- Deixe-me em paz, não vim aqui arrumar confusão nenhuma. - ela virou-se para continuar seu caminho. - Não posso fazer nada se meu traje incomodam vocês. Eu tenho uma missão a cumprir. - ela falou olhando por sobre o ombro e decidida a continuar seu caminho até o ponto de energia da estrela sombria.







♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
Visitante
Visitante

Aniversário : 19 de Março
Lugar de Origem : França
Mensagens : 11
Data de inscrição : 13/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Mensagem  Ralf "IKARI" Jones em Qua Jan 02, 2019 12:15 am





ROUND 1 - Ele vai dar cabeçada nela!!

ATENÇÃO:

O texto a seguir pode conter ou não o uso constante de palavrões! A leitura deste tipo de material é de sua total responsabilidade!!

O conteúdo referente a qualquer Non-Player Character (NPC) é de minha total responsabilidade e não, estes não serão removidos do texto sob qualquer alegação ou reclamação por parte dos mesmos ou terceiros, vale ressaltar que não estou necessariamente me referindo ao fake de alguém, mas sim a uma personagem, salvo casos de fakes inventados.

Alguns fakes deste post me autorizaram a citá-los durante a postagem da maneira como eu quiser. Não será alterado nada do texto caso terceiros ou os próprios não gostem do que está aqui escrito.

Boa leitura.

The West Subway, Southtown, EUA.
Por volta das 21h00 da noite.


Há alguns minutos, o Coronel Ralf Jones havia sugerido que o trio usasse o trem como meio de transporte ao chegarem em South Town, isso por que o mesmo lhes permitiria ver ou passar por boa parte da cidade e, assim, sentir a presença daquela que emitia a mesma "essência" da menina Athena. Outra equipe dos Ikari já havia localizado o buraco dimensional, cabia agora tentar encontrar a outra deusa grega e levá-la de volta para seu aconchego, seu lugar de origem. Com base no mapa da cidade (acima), o moreno colossal concluiu que eles poderiam ir do National Park até The West Subway, onde fariam uma nova busca a pé. Naquela hora, Athena pensou em falar algo, comentar sobre a logística do Coronel, mas Setsuna logo concordava e quando ela viu, todos já estavam no vagão. Outra equipe de mercenários liderada por Clark estava nas redondezas do Pao Pao Café 2 ao lado de Sie Kensou, que deveria sentir a presença de Athena também. Chin ficou em Second com Heidern.

Dentro do vagão do trem, assim como Peter Parker, Jones avistava o inimigo, talvez o oponente mais poderoso que o mercenário já teve até hoje (fakemente falando). Athena confirmava que aquele ser dourado era a presença e o trio se teletransportava para perto da mesma assim que o trem parava. Era preciso fazê-lo (o ato de teletransporte) antes que fosse tarde demais e eles perdessem a douradinha de vista. Vamos avançar! Ralf, com sua educação, empurrava as pessoas que ali estavam, tirando-as de seu caminho para poder chegar até a presença, descobrindo naquele instante que na verdade se tratava de um baita mulherão. Setsuna ficava surpreso ao ver tamanha beleza. Uma sereia dourada na cidade do pecado! Mas espera, isso não importa, a missão sim, então simbora! Vamos lá, moça. Me diga quem é você, o que você quer e de onde veio antes que eu tenha que prendê-la! - dizia Jones.

O moreno colossal queria saber se aquela mulher sabia, de repente, o que estava acontecendo ali e o porquê que o trio deveria levá-la de volta para sua realidade antes que fosse tarde demais corrigir aquele paradoxo. A linda mulher se virava e olhava para Ralf, porém seus olhos logo tomavam rumo a Asamiya, deixando o militar preocupado com um possível ataque à garota. A dourada então se pronunciava: Deixe-me em paz, não vim aqui arrumar confusão nenhuma, dando as costas para Jones em seguida. Não posso fazer nada se meu traje incomodam vocês. Eu tenho uma missão a cumprir. A resposta da garota era tão ou mais aleatória do que aquela própria situação. A coisa parecia ficar feia naquele instante. Ralf ficou extremamente puto por ser ignorado por aquela mulher que já começava a retomar seu caminho de antes. Jones olhava para Setsuna e apontava para a dourada e o Capitão não sabia o que fazer ou reagir. Jones batia no próprio rosto (facepalm) e então voltava a chamar a atenção da oponente.


- Escuta aqui, oh sua maloqueira. Que porra de missão é essa? Com quem você pensa que está falando pra dar as costas assim, heim? É bem do seu nível, sua rampeira!! Eu não sou Tigre, mas sou a autoridade aqui, caralho!!

Neste instante Setsuna se assustava com a atitude do Coronel e falava baixinho para Athena: Ele vai dar uma cabeçada nela. Athena, por sua vez, não entendia o que o garoto havia dito e ele repetia: Ele vai dar cabeça nela.... Dentre o público presente, estavam dois lutadores - que inclusive foram empurrados por Jones - e um deles questionava o ruivo. Que que é que tá acontecendo? - e Set respondia: Ele vai dar cabeçada nela!! O lutador de aparência hispânica perguntava retoricamente. Ele vai dar cabeçada? - e todos ao redor começavam a repetir aquilo. É, oh, a lá, ele vai dar cabeçada!! Ele vai dar cabeçada nela!! - respondia Set. Athena olhava para os dois e em seguida para as pessoas ali ao redor e não entendia nada. A garota se afastava um pouco e tentava ir para aonde a dourada parecia caminhar, mas o segundo lutador (citado acima) surgia em sua frente. O rapaz de aparência séria e cicatrizes no corpo a questionava: O que houve, menina?. Athena o olhava e dizia: Eu não sei, parece que Ralf vai dar cabeçada... - e eles riam de canto sem saber ao certo o porquê do riso.


Acertou mizeravi. Setsuna tinha razão. Ele parecia conhecer bem seu mestre. Apesar de patente alta, Ralf é do tipo que age por impulso e não pensa nas consequências dos seus atos. Ele ataca a modo caralho, foda-se o que vai acontecer depois, algo bem diferente de seu parceiro de equipe, Clark Still, que é bem mais estrategista e crítico. Jones concentrava sua energia na parte superior do tronco e corria de cabeça baixa contra a adversária para lhe aplicar seu Ralf Tackle, que visava acertar a dourada pelas costas mesmo e, caso desse certo, o moreno colossal continuaria seu movimento "covarde", onde o mesmo tentaria emendar seu ataque especial com outro, o Buffalo Ralf, em que o Coronel impulsionaria sua cabeça nas costas da mulher e a lançaria para o alto, como se fosse a deixar cair em qualquer canto do cenário, contudo, ele tentaria agir novamente com mais uma técnica.


Jones apertaria o próprio punho destro e deixaria sua energia fluir para o local ao mesmo tempo em que já tentaria se impulsionar e se jogar no ar enquanto sua adversária ainda estivesse supostamente "voando". Se desse certo, o moreno colossal acertaria um soco na barriga da adversária, assim o Coronel então desceria junto à dourada, porém, se possível, com a aplicação de um poderoso soco meteoro fruto de seu Blitzkrieg Punch (gif), onde - se pegasse - Ralf cairia com a amazona e uma forte explosão ocorreria no exato momento do impacto do corpo da moça com o solo, pois seria nessa hora que Jones descarregaria toda a energia utilizada naquela técnica em si.

Caso tudo desse certo, o militar se afastaria por três metros e esperaria para ver o que iria acontecer. Talvez esses golpes fossem o suficientes para fazer aquela mulher ficar quietinha e ir "de boas" com os Ikari para o local onde o buraco dimensional estava aberto e assim poder voltar para sua terrinha. Ralf então diria: Eu não sei qual é a sua, oh douradinha, ou o que faz aqui, mas você precisa vir comigo. Você tem que dar umas explicações e voltar pra aonde veio, tá entendendo? Você não é daqui, não é dessa realidade... Você é marginal, você é da sarjeta, tem que voltar!! A sua presença aqui é desagradável.... DE-SA-GRA-DÁ-VEL!!


OBS.:¹ A participação das personagens RIG, do DOA, e Miguel C. Rojo, do Tekken, é uma homenagem minha a um grande amigo do fake, na qual eu prometi citá-lo neste Round. Forte abraço... Volta pro fake, caralho!!

OBS.:² Move List


Ralf
Ralf "IKARI" Jones
Visitante
Visitante

Aniversário : 25 de Agosto
Lugar de Origem : Florida, EUA
Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Primeiro movimento

Mensagem  ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ em Dom Jan 06, 2019 8:05 pm










Primeiro Movimento



Charllote não podê ignorar todo aquele furdunço de pessoas falando a mesma coisa e de forma espalhafatosa. E quando parou os passos e virou-se para olhar novamente as pessoas naquele lugar, o homem que tinha lhe dado voz de prisão já estava quase em cima de seu corpo, a amazona ficou apreensiva, não conseguiu ver possibilidade de desviar a tempo e ele iria tocá-la daquele modo.
- Não! - ela gritou sendo arremessada para cima e logo em seguida recebendo o soco que o homem desferia lhe jogando para o chão novamente.
O reflexo da mulher foi proteger seu rosto com os braços que possuía armadura, a mesma ajudaria a diminuir o impacto dos golpes e até mesmo a pancada de seu corpo contra o chão.
Ela não entendia por que o homem moreno estava lhe atacando, mas ficava ainda mais desconfiada da presença que vinha da menina que estava acompanhando ele e a dúvida surgiu em sua mente, será que aquelas pessoas eram o motivo da estrela sombria pairar sobre aquela cidade? A amazona de peixes se levantou após os golpes que havia recebido.
Sua capa estava suja por ela ter caído no chão, seus cabelos tinham ficado bagunçados e sobre seu rosto. Ela passou a mão os jogando para trás e encarando o homem. Seu braço tinha ricocheteado em seu rosto, a pancada da armadura sobre seus lábios fez um talho surgir seguido de um filete de seu sangue.
- Nunca mais. - ela falava pausadamente. - Toque em mim.
E fazendo uso de sua habilidade de transformar seu sangue em uma névoa venenosa, a mulher fez com que seu corpo ficasse encoberto pela névoa de sangue, sua intenção era camuflar seus movimentos e podendo assim observar mais aquela pessoa alterada que lhe atacava.
- Se você estiver sobre os efeitos dos espectros de Hades, deve ser parado! - ela disse ao mesmo tempo que se movimentou.
Fazendo com que a névoa que havia criado lhe acompanhasse e sua primeira intenção era a de atingir um soco no flanco do homem e continuando sua sequência que com o outro braço faria o movimento de um soco contra o queixo dele para tentar desestabilizá-lo. Girando o tronco da esquerda para a direita após o segundo soco Charllote queria acertar na lateral da cabeça do homem uma cotovelada, toda essa movimentação era feita acompanhada da névoa venenosa em volta de seu corpo. O veneno das rosas de peixes era famoso por ser letal e isso poderia trazer problemas para quem não fosse resistente como Charllote e tivesse contato com tal substância.






♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
Visitante
Visitante

Aniversário : 19 de Março
Lugar de Origem : França
Mensagens : 11
Data de inscrição : 13/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Mensagem  Ralf "IKARI" Jones em Sab Jan 12, 2019 4:49 pm





ROUND 2 - O veneno de Peixes e a oração de Athena!!

ATENÇÃO:

O texto a seguir pode conter ou não o uso constante de palavrões! A leitura deste tipo de material é de sua total responsabilidade!!

O conteúdo referente a qualquer Non-Player Character (NPC) é de minha total responsabilidade e não, estes não serão removidos do texto sob qualquer alegação ou reclamação por parte dos mesmos ou terceiros, vale ressaltar que não estou necessariamente me referindo ao fake de alguém, mas sim a uma personagem, salvo casos de fakes inventados.

Alguns fakes deste post me autorizaram a citá-los durante a postagem da maneira como eu quiser. Não será alterado nada do texto caso terceiros ou os próprios não gostem do que está aqui escrito.

Boa leitura.

The West Subway, Southtown, EUA.
Por volta das 21h00 da noite.

Jones dizia poucas e boas para a amazona dourada, sendo "levemente" ignorado pela mesma. O Ikari não deixava barato e corria para cima da mulher, dando-lhe uma forte cabeçada que a arremessava para o alto e, em seguida, aplicando-lhe um poderoso soco explosivo. Jones sorria, o jogo parecia estar do lado dele até que a douradinha resolvia reagir a tudo aquilo. Nunca mais... Toque em mim - a bela amazona dizia. O Coronel podia ver um filhete de sangue escorrer pelos belos lábios daquela guerreira que parecia bem brava por ter recebido os golpes em cheio. A douradinha criava uma névoa ao redor de si mesma a partir de seu próprio sangue, ocultando-se dos olhos de todos, ficando totalmente camuflada ali. Se você estiver sobre os efeitos dos espectros de Hades, deve ser parado! . Jones não entendia do que ela estava falando, mas olhava para Setsuna e este rapidamente usava de suas habilidades para identificar onde estava a amazona.


- BYAKUGAN!!

O Capitão Setsuna Yagami é filho de Iori Yagami (Destroyer) com sua ex-esposa Hinata Hyüga, e irmão mais velho de Alice Yagami, tendo herdado as chamas de seu pai e o Kekkei Genkai de sua mãe, podendo usar o Byakugan em sua totalidade. O militar usaria tal herança para auxiliar Jones, porém antes que pudesse falar um "A", o Coronel era golpeado pela adversária no flanco, no queixo e na cabeça, fazendo-o ir ao chão com aquelas porradas tão rápidas e inesperadas. O moreno colossal cometeu um erro grave, ele deixou de olhar para seu "inimigo" em meio a batalha e, por tal, pagou caro. Ralf sorria de canto e se preparava para levantar quando, de repente, sentia seu corpo estranho. Ele estava agora sob os efeitos do veneno de Peixes. Jones tentava se levantar, mas seu corpo apresentava dificuldades e isso o deixava puto e bem preocupado. Que porra aquela mulher fez com ele?

O Capitão então olhava para seu mestre e conseguia ver o veneno percorrer seu corpo, logo em seguida Setsuna olhava para a mulher e dizia com voz trêmula: O poder dela é... O poder dela é mais de oito mil!! Ao ouvir aquilo, Athena pedia licença a RIG e se aproximava novamente de Setsuna, que estava conversando com Miguel Rojo, e ficava preocupada com Ralf. Essa não, Setsuna, precisamos fazer alguma coisa para ajudá-lo! A garota levava as mãos até o queixo e começava a rezar/torcer pela melhora de Jones, pedindo para que o mesmo se levantasse e continuasse a lutar. Ela estava do lado dele, ela estaria ali para ajudá-lo a se levantar e curá-lo. Athena orava para o moreno se reerguer (sem influenciar direta ou indiretamente a luta), pois eles precisavam entender o porquê aquela mulher estava ali, o porquê de ela ter a presença de Athena consigo, e, o que a mesma veio fazer em South Town.

Asamiya temia entrar em combate e colidir seu poder com alguém que também parecia ter Athena em si, apesar de nitidamente o tamanho dos poderes ser (aparentemente) bem diferente, uma vez que a colegial é a própria reencarnação da Deusa nessa realidade e a dourada... Bem, ela é desconhecida e emana a presença de Athena. Porém alguma coisa deveria ser feita enquanto Jones ainda se mantinha caído, mesmo que isso custasse algo maior. Setsuna se preparava para avançar contra a dourada quando um braço moreno se colocava frente a seu corpo, surpreendendo o militar. Vá com calma ai, bonitão!! Você deveria usar melhor esses olhos ai... - dizia aquele que interrompia o avanço do Ikari. Setsuna olhava para a figura e a reconhecia de imediato, era Joe HIGA, um antigo (fake) lutador que há muito não dava as caras em South Town e nem em Second. Não pode ser, o meu mestre... Ele está... - dizia o ruivo em tom de surpresa. OSHA, PORRA!! - respondia Joe com certa animação.


Set rapidamente olhava para Jones e via seu superior se levantando com dificuldade, mas aos poucos ficando de pé novamente. O chi de Ralf queimava por dentro e era possível senti-lo mais e mais determinado em levar a oponente consigo para, posteriormente, a mandar de volta para sua própria realidade. O poder que emanava de Jones crescia enquanto ele ficava de pé e isso era determinação. A amazona deveria saber perfeitamente o quão longe uma pessoa pode chegar quando está determinada a cumprir algo e não desistir disso. O moreno colossal ficava de pé novamente e encarava a adversária, partindo correndo para cima da mesma e, em meio ao percurso, Jones girava em torno de si próprio e esticava seu braço destro para acertar o rosto da menina com seu Gatling Attack, usando as costas de sua mão para tal. Porém esta era a primeira das três partes do movimento especial de Jones e, caso fosse bem sucedido, o moreno supostamente continuaria sua investida;

A segunda parte do Gatling Attack consistiria em acertar a oponente com uma cotovelada de esquerda, porém antes de realizar tal ação, Jones tentaria a surpreender e aplicar-lhe outro golpe, sendo assim, aplicando um SUPER CANCEL em cima de seu próprio Special Move. Ralf aproveitaria que agora estaria de frente da amazona para tentar lhe aplicar seu Burning Hammer, que consistiria de um soco explosivo contra as costelas (esquerdas) da dourada, podendo fazê-la se curvar para frente. Jones usaria seu chi a todo momento para forçar a armadura da mulher a se romper e ele sabia que UM soco explosivo não seria o suficiente, mas sim vários e essa carta na manga seria revelada agora!! O poder do Coronel se tornava tão grande que o mesmo chegava a brilhar (sétimo sentido?  Shocked ), ao menos aqueles que tinham olhos mais apurados poderiam notar tal feito e era com aquele poder que o mercenário tentaria aplicar seu EX Vulcan Punch contra a amazona, tentando acertar todo seu tronco e seu belo rostinho angelical para destruí-los.


- Já chega dessa palhaçada, senhorita... Você vem comigo!! - diria Ralf caso a garota recebesse seu último golpe e fosse parar longe.

- Yatta!! Ralf conseguiu!! - diria Athena em comemoração, caso o golpe pegasse em cheio.

- Ainda não... Olhe novamente... - Responderia Setsuna. O Byakugan do garoto o permitia ver que o corpo de Ralf estava quase todo dominado pelo veneno daquela mulher e o que Jones estava fazendo era loucura. Ele estava tentando demonstrar que estava bem, usando seu chi para tentar inibir o veneno, porém isso só o deixava mais fraco. Ralf cambalearia para trás caso seu último golpe funcionasse contra a amazona, causando preocupação a Athena. Quanto a dourada? Certamente que aquilo não seria o suficiente para a tirar de campo, o Coronel teria que se esforçar um pouco mais.

OBS.:¹ As falas e memes do Ralf no Round 1 foram referências ao vídeo Sasuke x Sakura do canal Rabisco, do YouTube, caso alguém não tenha percebido ou entendido, segue o link do vídeo no final da postagem.

OBS.:² Move List

OBS.:³ A aparição de Joe Higashi é mais uma homenagem a um antigo fake de Second e meu amigo pessoal até hoje, conhecido neste mundo como Joe HIGA.

P.S.: https://www.youtube.com/watch?v=CkrTWTxgf1k


_________________
Move List
Ralf
Ralf "IKARI" Jones
Visitante
Visitante

Aniversário : 25 de Agosto
Lugar de Origem : Florida, EUA
Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Mensagem  ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ em Qui Jan 17, 2019 8:50 pm










Segundo Movimento



A amazona de ouro não tinha intenção que seu veneno atingisse seu adversário, ela sabia o que isso poderia fazer a qualquer ser humano. Perceber que o veneno tinha entrado em contato com o corpo daquele homem mexeu na cabeça de Charllote. Os flash da morte de seu mestre em seus braços invadiram sua mente com tudo.
- Não. - ela murmurou com os olhos arregalados e assustada. - Ele não falou que isso acontecia e agora que sei não posso deixar ninguém mais morrer. - ela olhou para seu arredor e recolheu a névoa de sangue.
Assim a mulher estava a mostra de todos novamente e ao mesmo tempo que homem que ela havia batido e este caído já se levantava. Ela sentia a dor das pancadas que lhe pegou de surpresa no ataque anterior, o impacto de um soco junto com o ouro da armadura ficava dolorido na carne. Precisava de bastante para suportar aquilo por um longo tempo.
Sua mente estava a questionando se aquele realmente era uma pessoa sobre influencia de Hades e ainda mais incomoda ela ficava com a garota que estava junto dele, demonstrando preocupação e alegria durante os estados que o militar ficava. “Deusa, o que é isso que acontece aqui?” a garota perguntava mentalmente.
O primeiro golpe que o homem vinha dar, não atingiria a mulher de longos cabelos azuis, ser amazona de ouro exigia treinamento e requeria desenvolver várias habilidades e ela não era pega desprevenida duas vezes e também o mesmo golpe era difícil de atingir a dourada mais de uma vez.
Charllote se protegeu, mas o homem parecia fazer uma pirueta durante o movimento para mudar ele que deixou a mulher sem entender o que ele faria, o que a fez receber o golpe dele de forma direta.
- Urgh… - a mulher deu passos para trás  com o impacto.
Mesmo sendo forte a batida que a fez desestabilizar, ela não chegou a se curvar. Ela teve reação ao movimento, saltando e girando por cima do homem, que ficava com brilho e logo estava em suas costas, impulsionadosse pelo momento do pouso que sua perna flexionou, a garota tentou desferir um chute nas costas do homem, com a intenção de tirar a estabilidade do mesmo. Continuando assim seus ataques com as pernas, ao chutar com a perna direita a mesma ia a frente o que deu a possibilidade para a dourada um impulso que Charllote tentava acertar, agora com sua perna esquerda, um chute alto que tinha como alvo a lateral da cabeça de Ralf Jones.
- O que é essa garota que fica aqui lhe rondando e aflita por você, por que ela tem a essência da Deusa Athena em si? - a amazona falava com bastante irritação indicando a menina de cabelos roxos ali próximo.
Notava-se também como a mulher de cabelos azuis estava ofegante, o peso da armadura era suportável, mas aquele homem tinha golpes poderosos e movimentos que confundiam Charllote, isso a deixava cansada, aliado ao fato dela querer evitar de usar suas rosas, matar nunca inocentes nunca foi ou será o objetivo de um seguidor de Athena.






♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
Visitante
Visitante

Aniversário : 19 de Março
Lugar de Origem : França
Mensagens : 11
Data de inscrição : 13/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Post aleatório.

Mensagem  Yαgαмi Sєτsuŋα em Sab Jan 19, 2019 10:49 am

EAE PORRA!




Turubom? Espero que sim! Hoje vamos ver sob o meu ponto de vista o dia em que Ralf enfrentou uma moça na qual apelidamos de "Douradinha" porque não sabemos seu nome.
Então, vam'bora!

Não lembro exatamente o dia mas sei que por volta de 6:40 da tarde, eu e Ralf estávamos treinando pra valer. Soco vai e soco vem, a luta estava no páreo quando Ralf ficou distraído e eu ia colar um retão na cara dele mas ele segurou enquanto focava à sua esquerda. De início, eu entendi nada do que estava acontecendo até que eu vi o General Heidern com a habitual  cara de poucos amigos que ele tem vindo em nossa direção e assim que fiquei ao lado do moreno bombadão, batemos uma rápida continência para ele antes que o mesmo falasse alguma coisa.
Ele ordenou que nos banhássemos e trocássemos de roupa dentro de 15 minutos e assim fizemos: corremos para o banheiro, eu, no caso, escolhi qualquer coisa que vi pela frente e após o banho me vesti e esperei Ralf do lado de fora do banheiro da Ikari encostado na parede e de braços cruzados.

Eu e o grandalhão estávamos usando as mesmas roupas praticamente exceto pela bandana e par de luvas vermelhas do Ralf. Adentramos atrasados na sala do Heidern e nos deparamos com 3 pessoas que até então eu não conhecia: um velho, um moleque com cara de otário e uma beldade de cabelos roxos. Esses três eram Chin Gentsai, Sie Kensou e Athena Asamiya respectivamente. Heidern nos explicou que o trio sentiu uma presença similar à Deusa Atena (não confundir com a Athena que estava na nossa frente. Ela é bonita mas não é deusa, né?). Formamos um time sendo eu, Ralf e Athena e partimos para o local onde a tal presença estava: South Town.

Nós paramos na estação de metrô de South Station e pegamos a composição para lugar nenhum e eu cruzei os braços e abaixei a cabeça, deixando que meus cabelos ficassem na frente dos olhos para que não percebessem que eu estava tirando um cochilo dentro do vagão até que a garota fez alarde dizendo que achou a fonte de tal energia e assim que o metrô parou na estação mais próxima, saímos dela e Ralf ficou metido à fodão e saiu na frente, empurrando todo mundo que vía pela frente e coube à mim e Athena ficar pedindo desculpas. Enquanto Ralf questionava a mulher de forma porca, eu percebi que ela mirou seu olhar para a cantora que estava comigo e eu assumi uma postura de combate até que Ralf começou seu show (de horrores): Ele me olhou com uma cara de quem dizia "vai pokémon, luta!" e apontou para a mulher mas eu estava tão avulso que não fiz nada. Ah, vai se fuder, né?! Eu que sempre apanho pela Ikari! Estou de saco cheio disso, ouviu Ralf?! Grr...
Enfim, voltando ao assunto, Ralf fez um facepalm ao perceber que eu não iria tomar nenhuma iniciativa e ele levou ao pé da letra o ditado que diz "se quer algo bem feito, faça você mesmo" e lançou a seguinte pérola:

Escuta aqui, oh sua maloqueira. Que porra de missão é essa? Com quem você pensa que está falando pra dar as costas assim, heim? É bem do seu nível, sua rampeira!! Eu não sou Tigre, mas sou a autoridade aqui, caralho!!
Também não precisa ofender a mina, Ralf! ▬ Gritei, mas ele cagou pra mim. Virei para Athena e disse que ele iria dar uma cabeçada na mina que baixou a guarda para ele e a garota entendeu nada do que eu dizia mas conhecendo Ralf como ele é, não havia dúvidas disso.
Depois, chegaram dois Porra Nenhuma que Ralf trombou anteriormente e perguntaram o que estava acontecendo e eu respondi a mesma coisa: ele vai dar cabeçada.
Porra! Eu sou foda! Ralf agiu impulsivamente e partiu para dar a cabeçada na mina confirmando a minha teoria e enquanto ele começou seu show (de horrores), eu sentei numa das caixas que ficava no fim do cenário, puxando a colegial por uma das mãos. ▬ Aí, bora sentar aqui e assistir isso. ▬ Propus para a garota e ela aceitou então ajudei ela a subir nos caixotes e em seguida eu fiz o mesmo, assistindo de camarote o pau quebrar entre Ralf e a Dourada.

Depois que Ralf derrubou a Dourada e ela fez um bagulho muito loco com ele, ele apelou logo para mim, claro. Ele deve achar que eu sou o escravo dele. VAI SE FUDER, RALF!
Ahem... voltando à luta, entendi bem o que aquele olhar desesperado do grandão queria dizer e ativei a minha Kekkei Genkai, o Byakugan. Athena estava bem focada na luta e tinha saído do local, ficando com um dos dois Porra Nenhuma ali e isso seria bom para poupar explicações mas quando dei uma boa olhada no corpo de Ralf - claro, o tanto que o Byakugan permitia - disse para ele o que eu vi: ▬ Ihhhh Ralf! Tá fudido! AHAHAHAAHA ▬ Zuei mesmo, ué. Ninguém mandou dar uma de maluco mas acredito que ele não me ouviu já que estava apanhando da mulher de armadura. Athena perguntou o por quê eu disse aquilo e revelei que ele estava cheio de "veneno de rato" no sangue. Ainda disse que o poder dela era de mais de oito mil e desativei o Byakugan. Athena voltou para perto de onde eu estava e começou a rezar por Ralf para que ele parasse de apanhar da dourada e eu? Eu estava filmando Ralf apanhar para postar no grupo do Whatsapp.
Mas eu percebi que a coisa estava ficando feia para ele e decidi interromper a luta e assumir o combate já que após observar o estilo da mulher, eu não iria cagar o pau igual Ralf mas teve alguém que me impediu: Joe Higa.

Colfoi, mano?! Meu mestre tá na merda!
OSHA, PORRA!! ▬ Se alguém entendeu o que ele quis dizer, me avisem.

Voltei a sentar e observar Ralf levantando-se novamente. Teria ele despertado o sétimo sentido? Ele continuou lutando e Athena comemorou o feito do moreno mas eu não estava muito otimista. Ao usar o Byakugan mais uma vez, vi que Ralf já estava com praticamente 100% do corpo envenenado e se ele não morresse de tanto apanhar, morreria envenenado.

"Mas Setsuna e o resto da luta?"
Isso é só vocês acompanharem o combate que tá mó da hora!
Espero que tenham curtido, é nóis pa carai!





CONTINUA (?)


Yαgαмi Sєτsuŋα
Yαgαмi Sєτsuŋα
Visitante
Visitante

Aniversário : 04/09/2000
Lugar de Origem : Osaka, Japão
Mensagens : 36
Data de inscrição : 01/12/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Mensagem  Ralf "IKARI" Jones em Qui Jan 24, 2019 10:13 pm





ROUND 3 - O ataque desesperado do Exército de um homem só!!

ATENÇÃO:

O texto a seguir pode conter ou não o uso constante de palavrões! A leitura deste tipo de material é de sua total responsabilidade!!

O conteúdo referente a qualquer Non-Player Character (NPC) é de minha total responsabilidade e não, estes não serão removidos do texto sob qualquer alegação ou reclamação por parte dos mesmos ou terceiros, vale ressaltar que não estou necessariamente me referindo ao fake de alguém, mas sim a uma personagem, salvo casos de fakes inventados.

Alguns fakes deste post me autorizaram a citá-los durante a postagem da maneira como eu quiser. Não será alterado nada do texto caso terceiros ou os próprios não gostem do que está aqui escrito.

Boa leitura.

The West Subway, Southtown, EUA.
Por volta das 21h01 da noite.

A dourada retirava a névoa que a cobria, voltando a ficar visível para todos após já ter batido em Jones e o deixado envenenado. Por que ela retirou a névoa tão rapidamente? Por que tão fácil? Ela parecia demonstrar algum tipo de medo, porém do quê? Não importa, era preciso continuar com o objetivo. Ralf começava a se levantar. O Coronel estava determinado em levar aquela mulher consigo para a base e, posteriormente, mandá-la de volta para sua realidade, ao menos - até então - os Ikari e Psycho Soldiers acreditavam que aquela amazona não era deste mundo e sim de um paralelo e essa crença muito se dava por causa dos eventos do KOF XIV, onde diferentes universos foram unidos em um e lutadores de tempos e mundos distintos puderam competir juntos no mesmo torneio. A missão de Jones, Setsuna e Athena era simples, eles deveriam cumpri-la. Clark estava fazendo o mesmo em Pao Pao Café 2 e redondezas junto a Sie Kensou. Determinado, Jones avançava contra a dourada, atacando-a com tudo após finalmente conseguir se levantar, porém suas condições já não eram mais as mesmas.

Jones corria até a adversária para golpeá-la com seu Gatling Attack, porém a técnica não obtinha o resultado esperado. A dourada conseguia se proteger do golpe contra sua face, contudo, Jones usava seu truque na manga para a confundir - ou tentar, assim o Ikari tentou lhe aplicar seu Burning Hammer, conseguindo êxito. Urgh… - a oponente deu passos para trás após receber o golpe, demonstrando desequilíbrio, no entanto, nada o suficiente para que Ralf pudesse continuar seus murros não pensados. O mercenário tentou aplicar-lhe seu EX Vulcan Punch, porém a dourada sumia da frente dele e o golpeava pelas costas, fazendo-o dar alguns passos para frente, afastando-se da mesma. Jones forçava o pé direito no chão para tentar recuperar-se enquanto jogava o peso do corpo pro lado oposto, já aproveitando para girar em torno de si. A amazona tentaria golpear a cabeça de Ralf com um novo chute, mas o Ikari tentaria contra-atacar com seu Jet Upper usando a mão canhota, de modo que o chute da mulher colidisse na mesma força e demais proporções que o soco dele, para assim tentar anular as duas técnicas.

- O que é essa garota que fica aqui lhe rondando e aflita por você, por que ela tem a essência da Deusa Athena em si? - a amazona parecia falar com bastante irritação indicando Athena, fazendo com que Setsuna imediatamente ficasse na frente da menina para protege-la.

Caso o contragolpe desse certo, Jones usaria a energia chi expelir mais uma vez para atacar a oponente antes que a mesma pudesse colocar os dois pés novamente no chão, porém o ataque seria de forma indireta. O Coronel tentaria socar o chão de modo a criar uma explosão próximo ao (suposto) único pé da moça que estava em solo, para a desequilibrá-la com seu Bakudan Ralf Punch. Se desse certo, Jones olharia para a adversária e se surpreenderia ao notar que existiam duas, não, quatro dela... O que era aquilo? Como era possível? A visão de Jones estava o enganando, transformando, duplicando ou "multiplicando" a imagem da oponente, tudo isso por que, na verdade, o veneno que corria o corpo do Ikari estava fazendo efeito. Jones estava perdendo seus sentidos e logo cairia derrotado, mas sua determinação em levar aquela mulher consigo e devolve-la para a própria realidade era maior. O uso excessivo e abusivo de chi só deixava o moreno mais fraco e ele já tinha notado isso.

- Não, não pode ser assim... Eu tenho que levá-la comigo...

Jones tentaria não perder mais tempo, ou sua oponente poderia se recuperar do golpe no chão. O Ikari notava que seu corpo cambaleava e sua força já não era a mesma do início da batalha então era preciso mais do que socos explosivos para derrubar e levar aquela mulher com ele, o militar precisaria usar um ataque desesperado para tentar vencer aquela peleja. Ralf concentrava sua energia chi nos punhos e tentava correr para cima daquela que acreditava ser a oponente, uma vez que a imagem dela estava multiplicada. Caso acertasse a verdadeira mulher, o mercenário tentaria a derrubar e montar por cima dela ali naquele chão frio. Ralf então tentaria lhe aplicar diversos socos explosivos na cara com seu Nv. 01 - Bareback Vulcan Punch, saindo de cima da oponente e ficando caído ali no chão mesmo. Caso ele errasse o alvo, o mesmo perceberia imediatamente ao cair sozinho, e rapidamente giraria em torno de si para tentar novamente se levantar e continuar o combate, sabe-se Deus lá com que forças já que ele estava praticamente morto.


A respiração pesada, sua visão já não o permitia enxergar e seu corpo não o sustentava mais. Independente do resultado do Super Ataque do Ikari, um casal, um homem verde e um colegial poderiam ser vistos saindo de dentro do fliperama existente no cenário. O casal seria formado por Robert Garcia e Yuri Sakazaki, já o verdão era conhecido como Blanka e a colegial, Sakura. A garota falava sobre aventuras (quest) que ambos poderiam fazer e como poderiam unir forças para derrotar a Shadaloo. O Kyokugen ria e olhava para Yuri que ficava sem saber o que dizer, mas também queria se aventurar. O quarteto rapidamente olharia para aquela confusão e ficariam surpresos por haver uma luta do lado de fora. Robert se animava ao ver Ralf Jones ali, mas estranhava o fato de Jones parecer tão fraco diante daquela mulher de armadura carnavalesca.

OBS.:¹ As últimas personagens citadas são antigos fakes e meus amigos, acho que poderiam voltar ao fake algum dia...

OBS.:² Move List


_________________
Move List
Ralf
Ralf "IKARI" Jones
Visitante
Visitante

Aniversário : 25 de Agosto
Lugar de Origem : Florida, EUA
Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Mensagem  ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ em Ter Jan 29, 2019 8:19 pm










Terceiro Movimento



Charllote com certeza não queria matar ninguém e também viu que o homem não era qualquer um, ele ainda não havia caído com o seu veneno, aquilo a surpreendeu bastante. Um oponente surpreendente para a amazona de ouro da casa de peixes. E isso só ficou mais comprovado quando ela pode sentir o soco contra sua perna, foi um movimento tão intenso que a negra foi arremessada para longe de seu alvo.
- ROSAS PIRANHAS! - ela reagiu por impulso para destruir os caixotes que ela cairia em cima.
Porém seu adversário também usara um ataque o choque de ambos só fez Charllote sair rolando sem rumo pelo chão do local. Dispersando os curiosos e parando com as costas contra um muro adornado com enfeites de três homens dourados.
No momento que ela tentava erguer-se do chão, o homem forte já estava pulando sobre ela como um gato pula de lugares altos, para socá-la. Ela sabia que sua armadura não aguentaria mais aqueles socos e ao proteger o rosto viu os protetores dos braços quebrando e seus braços ficando expostos.
- Já chega! - ela grita na cara do homem que a socava. - ROSAS DIABÓLICAS REAIS! - a negra exclama e com um chute de baixo para cima tenta afastar o homem para sair de cima de seu corpo.
As rosas surgiram abaixo do corpo de Charllote, como se fosse um minijardim forrando o chão onde a guarda da Casa de Peixes jazia. Tais rosas exalam uma fragrância mortal com o veneno das rosas como base, qualquer pessoa que inspirar tal odor, pode perder os cinco sentidos e morrer.
A garota teve o cuidado de controlar o surgimento das rosas, para não sair daquele círculo onde eles dois se encontravam, havia muitas pessoas envolta, até mesmo o homem poderia escapar caso o chute de afastamento de Charllote obtiver efeito.
Ela sabia que o homem já estava mal e poderia piorar, ela pegou os pedaços da sua armadura, independente do que o homem faria, ao mesmo tempo que toda a armadura de seu corpo se desfazia e tornava-se uma grande caixa dourada no chão. A mulher fica somente com um macacão delineando seu corpo e uma pequena saia que rodava sua cintura.
Aproximando da garota, a mesma que possuía a presença da Deusa, Charllote estendeu um saquinho para ela com pétalas de lírios brancos dentro.
- Dê para ele, mande-o mastigar e engolir. Vai ajudar a limpar o veneno do corpo dele.
Após fazer isso, ela colocou a caixa dourada nas costas e continuou caminhando na mesma direção que fora impedida de continuar. Seu corpo estava cansado, escorria sangue de seu rosto, seus braços estavam com hematomas, mas ela deveria cumprir a missão que lhe foi dada, aquelas pessoas não merecem viver sobre a sombra de Hades.






♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơtǝ
Visitante
Visitante

Aniversário : 19 de Março
Lugar de Origem : França
Mensagens : 11
Data de inscrição : 13/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ralf "IKARI" Jones VS ♋Ƥῑรⅽǝร ɳơ ℭℎสʀℓℓơẗ

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum